Workshop/Oficina

MAURICE BLANCHOT: PALAVRA PLURAL

Intervenções e Conversas com:

Dominique Fingermann (psicanalista): O Obscuro

Eliane Robert Moraes (crítica literária): Blanchot e Bataille: palavra e silêncio

Juliano Pessanha (escritor): Topologia

Lena Bergstein (artista plástica): Bloc-notes Louvain-la-Neuve 24 juillet 95: uma leitura da conferência “Fiction et Témoignage”, Jacques Derrida

Luis Felipe Pondé (filósofo): Deus e a experiência do infinito sem representação na tradição

Apofântica

Peter Pal Pelbart (filósofo): Excurso sobre o Desastre